top of page
Post: Blog2_Post
Buscar

ORAÇÃO PELOS AMANTES

Que seja o amor mais que a intimidade dos corpos,

na dança úmida do gozo.

O gozo, que estonteia mas, vapor, se dissolve

no desenlace de coxas e braços, no desapegar de mãos e bocas.

O gozo que, sozinho, não firma o chão do encontro.

Mas, quando transpõe a órbita efêmera dos corpos,

funde as almas.

Que seja o amor o lugar da comunhão de dois mundos –

e que haja nesse encontro um assento cativo

para o desencontro de ideias e gestos,

as diferenças de norte de cada olhar.

Que o outro seja sempre o outro,

na sua plenitude estranha e adorável de Ser único.

Mas que, no folhear dos dias e seus mistérios,

o outro se desmanche no outro,

na liga sólida da paciência e da boa-vontade,

para a superação da inevitável aridez dos dias.

Que seja o amor o alimento do humor, a costura de risos.

Que a alegria prevaleça, no desafio cotidiano dos imprevistos.

E que a previsão seja: encontrar sempre no olhar dos amantes

o brilho de esperança de antes.

Carmen Moreno

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page